Queda Cabelo
Existe uma solução real para nosso problema. O segredo é acha-a rapidamente. Tem chegado no lugar certo. Bem-vindo a RecuperarOCabelo.

 Andre Agassi  Podemos observar Andre Agassi, que parece mais feliz agora do que quando tinha cabelo. Há de se reconhecer que o tenista é um profissional na quadra e jamais o notamos indeciso na hora de ir atrás de uma bola. Já no que diz respeito ao penteado que usava, há espaço para discussão.

 Phil Collins  Nesta foto, Phil Collins utiliza o método “me cubro com a mão” para disfarçar sua Alopecia. Seguramente a essa altura já não deve incomodar-se.

 Sean Connery  Não resta dúvida de que agora Sean encara a vida de outra forma. Na época que possuía cabelo seu aspecto era demasiado sério. O sexo oposto o vê como um homem muito atraente, mesmo com sua falta de cabelo.

O Impacto Psicológico da Alopecia


Algumas pessoas tomam a calvície como um fato inevitável na vida e não têm demasiado problema em assumi-la. Entretanto, estão em numero muito maior as pessoas que sofrem de ansiedade e depressão, em conseqüência da queda de cabelo.

Se a Alopecia está lhe causando problemas, se os tratamentos falham ou não funcionam como se esperava, que fazer se a situação continuar piorando? Do ponto de vista psicológico, como enfrentar a situação?

Talvez não seja o seu caso, mas, para muitas pessoas, tornar-se calvo é algo inaceitável. Ninguém gosta de perder cabelo, especialmente em um mundo onde a superficialidade e a estética têm tanta importância.

Alguns sentem que aparentam mais idade do que a que realmente têm, simplesmente por não ter cabelo, ou ainda possuí-lo mas não na quantidade suficiente. Outros conseguem aceitá-lo porém jamais voltam a sentir-se confortáveis com sua nova aparência. E, nos casos mais graves, chegam a mudar o seu estilo de vida exclusivamente por este problema.

A Alopecia é algo de que ninguém quer padecer. As pessoas que não têm o problema desconhecem o impacto que este pode ter sobre alguém. Para que se tenha uma idéia, há pessoas que sofrem de tal forma que chegam ao ponto de se isolar, não querer sair para socializar, simplesmente porque não se sentem confortáveis com sua nova aparência.

A maioria das pessoas não admite publicamente a importância que dá ao problema. Algumas acreditam que a Alopecia é algo irreversível, então decidem demonstrar socialmente que não lhe dão importância quando, na realidade, em muitos momentos desejavam ter de volta sua antiga aparência.

Em se tratando da Alopecia, não existem camadas sociais que sofram menos que outras. As pessoas públicas que têm que estar frente às câmeras, não somente são afetadas psicologicamente como estão sujeitas a mudanças em suas vidas profissionais. Os que trabalham em um escritório podem sofrer uma queda na auto-estima ao ver-se diferente de seus companheiros de trabalho.

Os adolescentes que ainda freqüentam a escola ou a universidade podem sentir-se diminuídos diante do sexo oposto, ou desconfortáveis se são os únicos calvos do seu grupo. Vemos que o problema não é exclusivo de uma camada social, e nem de uma faixa etária

Apesar de tudo isso, está socialmente “aceito” que os homens fiquem calvos. Existem centenas de exemplos onde uma cabeça desprovida de cabelos é inclusive atraente. Andre Agassi sofre deste problema e no entanto decidiu raspar por completo seu cabelo. Não parece que esteja descontente com sua imagem.

Phil Collins não se afetou nem um pouco com a perda do cabelo (ainda que na foto o disfarce), e nem falemos de Sean Connery, a quem o sexo oposto considera muito atraente, apesar de calvo.

Como podemos notar, muitos homens dão pouca ou nenhuma importância ao assunto e continuam com suas vidas sem sentirem-se afetados em nenhum sentido. E o melhor de tudo é que de fato não os afeta. Apesar de ser difícil de acreditar, é mais uma questão de atitude do que de estética.

Agora analisemos o caso das mulheres. Para elas é uma verdadeira causa de depressão e isso é, de certa forma, mais justificável que para os homens. Socialmente não se aceita que a mulher fique calva. Se jamais vimos alguma, é porque elas definitivamente fazem algo a respeito. Algum tratamento que funcione rapidamente, ou um aplique, ou uma peruca, mas é muito raro que encontremos uma mulher calva na rua.

Infelizmente, para elas os tratamentos para a calvície não são abundantes. Os homens possuem muitas opções para o combate a calvície, especialmente quando iniciam o tratamento nos estágios iniciais da doença.

Apesar de existirem casos em que o Finasterida não funciona, para a grande maioria dos homens trata-se de uma solução quase garantida, se se começa a utilizá-lo nos primeiros anos de Alopecia. As mulheres não têm uma opção tão forte, não há um Propecia feminino. Existem loções e tópicos que funcionam medianamente bem, mas nenhum tratamento pode ser comparado, em termos de efetividade, aos exclusivos para homens.

Por sorte, elas têm menos tendência a Alopecia, além do que a forma em que se desenvolve é muito diferente que a do homem. Nas mulheres, o cabelo se torna mais fino. Em alguns casos, apenas algumas áreas do couro cabeludo chegam a ficar calvas.

Sendo homem ou mulher, ao reconhecer que a Alopecia está afetando sua vida, sem dúvida alguma deve consultar um profissional. E não estamos falando de um médico especialista em calvície e sim de um psicólogo que ofereça ajuda para lidar com a situação. Talvez depois disso a pessoa queira iniciar um tratamento, ou talvez já não se sinta mais afetada, mas é importante que consiga levar a vida normalmente, com ou sem cabelo.

Se pararmos um momento para pensar, nos damos conta de que a Alopecia não é realmente algo tão grave. De fato pode nos afetar estética ou fisicamente, porém lhe asseguramos que é muito pior a forma que a pessoa vê a si própria do que como os demais a vêem.

Possuímos a capacidade de encontrar defeitos em nós mesmos que outros nem sequer percebem. Ao olhar-nos em um espelho, o primeiro que fazemos é buscar essa pequena imperfeição que nos incomoda.

É realmente tão importante? A partir do momento em que nos afeta, é importantíssimo. Mas quando conseguimos encarar o problema sob uma ótica mais ampla, costumamos aceitá-lo e rir-nos de nós mesmos.

Se possuir alguma dúvida ou quiser conhecer mais gente na mesma situação, não deixe de visitar o Fórum de Calvície e Alopecia. Neste fórum você terá a oportunidade de contar-nos a situação pela qual está passando e encontrará muitas pessoas que passam ou já passaram por algo similar.

Lembre-se que nunca se deve começar um tratamento sem antes consultar um profissional.

 
RepurarOCabelo não se faz responsável pelos danos que pudera causar a utilização de drogas ou a prática dos tratamentos sem prévia consulta/autorização de seu médico. Não comece um tratamento sem consultá-lo com um profissional. Se algum material deste sitio lhe resulta ofensivo, fale conosco. Alguns direitos reservados. Este site está licenciado pela Atribuição-Uso não-comercial-Compartilhamento pela mesma licença 3.0 Unported