Queda Cabelo
Existe uma solução real para nosso problema. O segredo é acha-a rapidamente. Tem chegado no lugar certo. Bem-vindo a RecuperarOCabelo.

 FUSS / FUE  transplante capilar 01

transplante capilar 02

transplante capilar 03

transplante capilar 04

Apesar de que as fotos são reais e o resultado final é excelente, por questões de marketing costuma-se tirar a foto do “depois” de um ângulo diferente, o que melhora – um pouco – o resultado.
Isso não significa que as fotos estejam retocadas ou algo assim porém, assim como se fotografa uma modelo publicitária, nesse caso também se busca o melhor ângulo para causar uma impressão ainda melhor.



Transplante Capilar


Dependendo da região na qual se encontre, você escutará nomes muito similares que fazem referência aos transplantes capilares: implante capilar, transplante capilar, transplante de cabelo, enxertos capilares, micro enxerto capilar ou implante de cabelo.
Apesar de ser utilizada com muita freqüência, a palavra transplante não está incluída no dicionário da Real Academia Espanhola.

Muitas pessoas consideram que não vale a pena uma intervenção cirúrgica com o único objetivo de recuperar o cabelo. Talvez imaginem que o risco é alto demais ou que a intervenção poderia ser dolorosa, que os resultados não são naturais ou simplesmente não estão dispostos a desembolsar tanto dinheiro para ver-se novamente com cabelo.

O tema é bastante extenso e – de forma arbitrária – decidimos começar pelo final: as técnicas modernas e eficazes. Se desejar conhecer a historia dos transplantes, as técnicas obsoletas ou as coisas que não recomendamos, poderá acessar os temas relacionados no quadro que se encontra a esquerda sob o título “Links Relacionados”.

Técnicas Modernas: Transplante de Unidades Foliculares


unidad folicular Cada um de nossos cabelos nasce e cresce dentro de uma raiz chamada folículo piloso. foliculo capilar.
Se observarmos a superfície do couro cabeludo através de um microscópio, poderemos perceber que os cabelos juntam-se – de forma natural – em pequenos grupos denominados “Unidades Foliculares”. Estes grupos são compostos por um, dois, três e, em raras ocasiões, quatro folículos pilosos.

Nesta ilustração podemos observar três grupos de cabelos que pertencem a distintas unidades foliculares. Cada cabelo possui seu folículo e cada folículo sua própria unidade folicular

O transplante de unidades foliculares é uma técnica que consiste em extrair as unidades de uma zona (doadora) e colocá-las em outra (zona receptora). Ao falar parece simples, mas fazê-lo requer verdadeira habilidade e paciência por parte do cirurgião.

Quando alguém estuda as técnicas de pintura de diferentes épocas, aprecia muito mais um bom quadro do que uma pessoa que ignora por completo a arte. O mesmo acontece com a técnica de transplante de unidades foliculares: conhecendo-se o procedimento, consegue-se apreciar realmente o trabalho do cirurgião. Em alguns casos, o trabalho final mais parece uma obra de arte do que uma intervenção cirúrgica.

Neste tipo de cirurgia, a técnica para implantar as unidades foliculares é sempre a mesma e, no entanto, a forma para extraí-las varia de acordo com as possibilidades do paciente e com o critério do cirurgião. Até o momento, existem duas técnicas para extrair as unidades foliculares. Uma se chama FUSS e a outra, FUE.

FUSS: Follicular Unit Strip Surgery


Nesta técnica se remove uma tira de couro cabeludo da área doadora (nuca) e, enquanto o cirurgião sutura a ferida, seus ajudantes extraem (com ajuda de um microscópio) cada uma das unidades foliculares a serem transplantadas.

Em pouco tempo a cicatriz da área doadora é coberta pelo cabelo que a rodeia e, apesar de existir uma marca, esta será imperceptível, a menos que o paciente raspe a zona. Costumam-se transplantar entre 1500 e 4000 unidades foliculares por cada intervenção.


Transplante de Unidades Foliculares - FUSS Após raspar-se a área doadora, faz-se um corte com bisturi formando uma “tira” de couro cabeludo.
Transplante de Unidades Foliculares - FUSS 2 A “tira” com as unidades foliculares é extraída e instantaneamente se sutura a incisão.
Transplante de Unidades Foliculares - FUSS 3 A cicatriz, sendo coberta pelo cabelo que a rodeia, será invisível em pouco tempo.
Durante a mesma intervenção, coloca-se a tira sob o microscópio para extrair cada unidade folicular.
Transplante de Unidades Foliculares - FUSS 4 As incisões nas quais se implantam as unidades são realmente pequenas. Por isso é que, em uma -boa cirurgia-, torna-se impossível detectar a diferença entre um cabelo original e um transplantado.


FUE: Follicular Unit Extraction


FUE: Follicular Unit Extraction Neste caso, o procedimento é muito mais complexo uma vez que não existem cortes de nenhum tipo. Para extrair os folículos, o cirurgião não utiliza bisturi e sim uma ferramenta especial com a qual remove cada unidade folicular diretamente do couro cabeludo.

De alguma forma, extrai “pedaços” do couro cabeludo e cada um deles contém uma unidade folicular. A vantagem é que não deixa cicatrizes de nenhum tipo, inclusive nos pacientes que decidem raspar a cabeça. Não há tiras nem cortes, apenas pequenas feridas que desaparecem após a cicatrização.

Nesta ampliação podemos observar claramente a distancia entre os pedaços extraídos pelo cirurgião. É evidente que, em poucas semanas, os cabelos vizinhos cobrirão por completo a área e qualquer marca que possa existir será absolutamente imperceptível.

Apesar de esta técnica parecer superior a anterior, deve-se levar em conta que é muito mais cara, a quantidade de cabelos transplantados é menor (no máximo 2000 por sessão) e o procedimento leva mais tempo.

FUE: Follicular Unit Extraction 01 Após raspar a zona doadora, o cirurgião isola o cabelo a ser extraído e, com a ajuda de uma ferramenta, produz uma minúscula incisão em volta do folículo.
FUE: Follicular Unit Extraction 02 O processo se repete várias vezes e depois, por intermédio de uma pinça, são extraídas as unidades foliculares a serem implantadas.
FUE: Follicular Unit Extraction 03 Uma vez retirados os folículos da área doadora, o cirurgião produz centenas de incisões (menores que a cabeça de um alfinete) onde finalmente coloca as unidades foliculares.


Ambos os métodos são bons. Os dois funcionam bem porém o custo por cabelo transplantado é muito superior na técnica FUE. Caso pense em fazer um transplante e tenha duvida por um método ou outro, lhe sugerimos ver pessoalmente a duas pessoas que tenham feito transplantes com cada uma das técnicas.

Escolhendo um Profissional

Assegure-se de que os transplantes sejam exclusivamente de unidades foliculares. Os enxertos, reduções de alopecia (reduções capilares) ou retalhos ficam realmente antinaturais.

Solicite várias fotografias de pacientes antes e depois da cirurgia. Os centros com experiência já operaram diversas pessoas com sucesso. Se lhe mostram unicamente uma ou duas fotografias significa que na realidade não possuem a experiência suficiente ou que talvez sua especialidade não sejam os transplantes capilares.
Melhor ainda seria se lhe apresentassem algum paciente de maneira que você pudesse verificar exatamente o resultado que obteve.

Pergunte se haverá a necessidade de mais de uma cirurgia para obter um bom resultado. É importante saber isso de antemão porque muitas pessoas não ficam contentes com a quantidade de cabelo transplantado. Os resultados podem ser muito naturais mas se a densidade é pouca, possivelmente você não ficará satisfeito.

Muitos cirurgiões lhe vão propor várias sessões (intervenções). O ideal é apenas uma mas se sua alopecia possui um grau muito avançado, provavelmente sejam necessárias duas sessões.

Por cada unidade folicular transplantada, não pode haver mais de quatro cabelos. Lembre-se que as unidades foliculares possuem normalmente entre um e três cabelos. Excepcionalmente poderiam ser quatro.

A distância entre as unidades foliculares transplantadas não deve ser maior que 1 milímetro. Se lhe propõem uma distância superior, lhe recomendamos procurar outro cirurgião.

Seria ideal poder dar uma olhada na sala de operações. Em uma clinica capilar, a sala está preparada exclusivamente para transplantes capilares ou reparações de transplantes mal sucedidos.



Aclarações:Alguns gráficos / imagens desta seção são de Alvi Armani, quem nos deu autorização para publica-as em nosso site. Não existe relação alguma entre eles e nós. Recomendamos tanto a Alvi Armani quanto a qualquer outro cirurgião que trabalhe com padrões similares.

 
RepurarOCabelo não se faz responsável pelos danos que pudera causar a utilização de drogas ou a prática dos tratamentos sem prévia consulta/autorização de seu médico. Não comece um tratamento sem consultá-lo com um profissional. Se algum material deste sitio lhe resulta ofensivo, fale conosco. Alguns direitos reservados. Este site está licenciado pela Atribuição-Uso não-comercial-Compartilhamento pela mesma licença 3.0 Unported